Categorias
Sem categoria

O que é musicalização infantil? “Musicalizar-se: torna-se sensível a música, de modo que a pessoa reaja, mova-se com ela.”

Resolvi escrever esse artigo, porque frequentemente nas escolas onde trabalho vejo pais perguntando sobre musicalização infantil. Querem saber do que se trata e se é mais interessante proporcionar aos filhos a aula de musicalização ou já colocá-los em contato com um instrumento musical. A resposta para essa pergunta depende de alguns fatores, como: idade da criança, se essa já teve ou tem contato com o fazer musical, entre outros. Assim, vou tentar esclarecer aqui o que é essa prática, a quem se destina e qual sua importância, especialmente aos iniciantes.
Bem, antes de tudo, uma pergunta muito importante: você sabe o que é música?Música é uma linguagem artística que tem por objetivo comunicar a experiência de quem a compôs. Ora, para que haja comunicação é necessário que haja também compreensão, certo? 
 A compreensão musical se dá de forma distinta em relação a linguagem escrita, a qual estamos acostumados. Por ser resultado das experiências humanas, sua compreensão depende de fatores culturais e sociais nos quais está inserida. Assim, compreender e fazer música não é uma questão mística ou de empatia, mas sim de uma sensibilidade adquirida a partir do contato com o fazer musical.
Nesse sentido, a aula de musicalização é um processo que possibilita aos participantes adquirir ferramentas para melhor compreender a música e, consequentemente, executá-la.

Geralmente feitas em grupo, as aulas propiciam o aprendizado de forma lúdica e empírica. Brincar faz parte do cotidiano infantil, assim trabalhar jogos e canções em roda, torna o fazer musical algo mais natural para as crianças. A prática pode trabalhar apreciação musical, improviso, história da música e execução instrumental. Tais atividades possibilitam o desenvolvimento de habilidades musicais de forma mais interessante, pois muitas vezes esses aspectos são abordados de forma teórica nas aulas de instrumento, o que resulta em uma situação abstrata e pouco eficaz aos alunos iniciantes.
Além do desenvolvimento de habilidades musicais, a aula de musicalização é uma forma de propiciar a socialização de seus participantes, trazendo a possibilidade de trabalharem em conjunto, de ouvirem uns aos outros e de respeitarem uma liderança. Também deve-se atentar a possibilidade do contato com gêneros musicais diversos e que muitas vezes estão distantes daquilo que é veiculado na mídia, ampliando os horizontes musicais das crianças.
Por fim, minha resposta para a pergunta: quem “deve” participar das aulas de musicalização? Bem, todos aqueles que desejam fazer música poderiam passar por esse processo, mas especialmente as crianças que estão iniciando seus estudos musicais, visto todos os pontos citados acima.
 Espero que tenha ajudado a esclarecer um pouco sobre o tema. Qualquer dúvida, mande nos comentários. Obrigada.

Texto escrito pela Professora Juliana Campitelli do CMM, formada em música pela Unicamp, leciona Piano e Musicalização Infantil no CMM Conservatório Musical.

Fonte: Música(s) e seu ensino. Maura Penna.

https://professoradepiano.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *