Categorias
Sem categoria

VISITA MONITORADA NO THEATRO MUNICIPAL

Você já visitou o centro histórico de São Paulo? Andou pela Praça Ramos de Azevedo e se deparou com uma prédio que parece ser de outro tempo? Bem, esse é o Theatro Municipal. Uma construção que destoa da maior parte do entorno, mas que não deixa de ser belíssima e, com certeza, de chamar muito atenção. Hoje, gostaria de falar da possibilidade de conhecer o lugar através da visita educativa. Para aqueles que gostam de música, arquitetura ou história é um ótimo passeio.

A visitação é acompanhada por um guia e permite o acesso de alguns ambientes do teatro, como: o saguão principal, sala de concertos e Salão Nobre. O projeto possibilita conhecer não só a história do edifício, como também a de São Paulo.

Virada Cultural 2019: megaprogramação ocupa o Theatro Municipal

Inaugurado em 1911, o Theatro Municipal foi projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo, também conhecido pela realização de outras obras públicas em São Paulo, como por exemplo o Viaduto do Chá e o Shopping Light. Construído para atender a elite cafeeira paulista, o teatro foi inspirado na Opera Garnier de Paris e projetado para encenação desse gênero musical que gozava de grande popularidade na época. Por apresentar características de diversos gêneros arquitetônicos é considerado de Estilo Eclético.

No entanto, o Theatro Municipal passou por diversas reformas durante mais de um século de existência. Na década de 1950, a prefeitura iniciou uma reforma que trouxe mudanças importantes ao espaço, entre elas a chegada do órgão que hoje pode ser visto nas laterais do palco.

Outro lugar de destaque dentro do teatro é o Salão Nobre. Lá podem ocorrer apresentações do Coro Lírico ou mesmo alguns eventos gerenciados pela administração do teatro. Nesse espaço ainda é possível observar algumas referências aos barões do café e sua influencia na cidade, como, por exemplo, a moldura das pinturas do teto: folhas de café.

Contudo, esse ambiente foi por muito tempo um lugar acessado por poucos. O valor da entrada para os espetáculos era muito alto, ficando o acesso restrito à elite. Além disso, os espetáculos encenados eram, em sua maioria, reflexo da arte erudita que circulava na Europa naquela época, o que os distanciava ainda mais da população comum que pouco ou nenhum contato tinha com essa arte.

Em vista desse distanciamento entre o teatro e a população, nos últimos anos a administração vêm promovendo ações que propiciem essa reaproximação. Assim, ingressos à preços populares e até mesmo gratuitos são frequentemente disponibilizados à população, e costumam ter grande procura.
Além disso, é possível fazer a visita educativa que é gratuita e tem duração de uma hora.

Horários da visita:

  • De terça a sexta: 11h, 13h, 14hh, 15h, 16h e 17h.
  • Sábados: 11h, 13h, 14h e 15h.

Também é possível agendar visitas para grupos. Mais informações no link: https://theatromunicipal.org.br/pt-br/visita-educativa/.

Qualquer dúvida, mande nos comentários. Obrigada!

Texto Escrito por Juliana Campitelli, formada em Música pela Unicamp e Professora de Piano no CMM Conservatório Musical.